SIP lança novo plano de seguro desenvolvido "por jornalistas para jornalistas"

Aa
Insurance for Journalists é a única seguradora internacional especializada unicamente em assegurar jornalistas sem restrições
$.-

(23 de março de 2017) A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) uniu forças com uma importante companhia de seguros para oferecer apólices econômicas que abrangem os trabalhadores dos meios de comunicação sem restrições em todas as regiões do mundo.

Insurance for Journalists é a única seguradora internacional especializada unicamente em assegurar jornalistas sem restrições seguindo-os em qualquer parte do mundo, seja na cobertura de estreia de um filme ou na linha de frente em uma zona de guerra.

Muitas companhias de seguros se recusam a assegurar profissionais de notícias que trabalham em áreas perigosas ou fazem-no a custos muito elevados. Isto leva a repórteres, jornalistas independentes e pessoal técnico, a cobrir notícias em alguns dos países mais perigosos do mundo, sem a rede de segurança oferecida por uma apólice de seguro.

A SIP uniu forças com "Insurance for Journalists" para dar cobertura a todos os seus parceiros, quer profissionais de mídia, free-lancers e stringers, que se viajam em missões profissionais em qualquer lugar do mundo.

Cada apólice oferece cobertura para morte acidental e invalidez, acidentes de emergência, evacuação devido a doença e repatriamento de qualquer parte do mundo, incluindo regiões hostis, para o país de residência do segurado quando necessário.

As apólices de seguro foram desenvolvidos com a ajuda de uma equipe de jornalistas liderados por Frank Giglio, (ex-gerente de produção de noticias com 42 anos de experiência, adquirida com ABC e Fox News) em consulta com o pessoal da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ). '' A maioria dos meios de comunicação contam com a comunidade freelance para cobrir as últimas notícias, documentários e eventos especiais, é essencial para a indústria de notícias que cada individuo esteja devidamente assegurado' disse Giglio.

O FIJ registrou a morte de pelo menos 2.297 jornalistas e pessoal dos meios de comunicação nos últimos 25 anos (1990-2015) com a maior taxa de mortalidade no Iraque (309), Filipinas (146) e México ( 120). Embora o treinamento de segurança é essencial para minimizar os riscos de jornalistas no exterior, é necessário proporcionar aos trabalhadores de mídia condições de trabalho mais seguras.

"Temos muita esperança e entusiasmo com esta nova ferramenta que vai oferecer a Insurance for Journalists. Está perfeitamente alinhada com a nossa missão e constante procura em dar maior proteção e segurança aos jornalistas e meios de comunicação, em circunstâncias que a cada dia tem de enfrentar riscos no seu trabalho profissional ", disse Robert Rock presidente da Comissão da Liberdade de Imprensa e Informação da SIP.

Todas as apólices são proporcionadas pela Isle of Man Assurance Limited (IMAO). IMAO é autorizada e regulada pela Autoridade de Serviços Financeiros da Ilha de Man e no Reino Unido pela Autoridade de Conduta Financeira.

A apólice de seguro mais barato custa $12 por semana para uma cobertura de € 100.000 e todos os seguros podem ser obtidos em questão de minutos on-line aqui.

Para todas as perguntas da imprensa, favor contatar:

José Bonito, jose.bonito@worldmediawire.com, +44 7528 016224

Compartilhar

0