Violência contra Jornalistas

Aa
$.-
VIOLÊNCIA CONTRA JORNALISTAS CONSIDERANDO que quatro jornalistas no Brasil, dois jornalistas na Colômbia e um jornalista no México foram assassinados desde o último relatório país por país da SIP que em vários outros países jornalistas foram submetidos à violência pessoal e a ameaças de violência como resultado do exercício de suas funções que, em alguns locais, existem condições em que jornalistas podem ser assassinados, feridos ou intimidados impunemente A ASSEMBLÉIA GERAL DA SIP RESOLVE iniciar um programa para investigar minuciosamente os casos em que jornalistas foram assassinados relatar periodicamente aos associados da SIP sobre os resultados destas investigações compartilhar os resultados desta investigação com as autoridades legais correspondentes do Brasil, Colômbia, México e demais países onde os assassinatos de jornalistas permanecem sem punição requerer que as autoridades prendam os responsáveis, os julguem e condenem, e os punam de acordo com todas as prerrogativas da lei. requerer que as autoridades governamentais implicadas nos assassinatos sej am investigadas com especial seriedade, pois a cumplicidade do governo no assassinato de jornalistas é a violação máxima da liberdade de imprensa.

Compartilhar

0