Ataques á Imprensa

Aa
$.-
ATAQUES À IMPRENSA CONSIDERANDO que a liberdade de imprensa permite a existência de todo tipo de meio de comunicação, qualquer que seja sua tendência política, econômica, social ou religiosa CONSIDERANDO que existem governos federais, estaduais ou municipais que com verbas públicas financiam ou subsidiam meios de comunicação ou fomentam o aparecimento de novos meios para, por meio deles, minar ou destruir a credibilidade de outros meios de comunicação que publiquem informações que não sejam de seu agrado ou que critiquem seu desempenho ou simplesmente mantêm uma política editorial independente CONSIDERANDO que recentemente comprovou-se no Peru a existência de subsídios governamentais autorizados pelo ex-presidente peruano Alberto Fujimori para apoiar jornais que se dedicam a desprestigiar outros meios de comunicação CONSIDERANDO que essas práticas contra a credibilidade de toda a imprensa surgiram em vários países, tais como Bolívia, Equador, Guatemala, Nicarágua, Paraguai, Peru, Venezuela e Brasil CONSIDERANDO que o princípio 6 da Declaração de Chapultepec reza que nenhum meio ou jornalista deve ser premiado ou punido por sua linha editorial A JUNTA DE DIRETORES DA SIP RESOLVE exortar os governos do hemisfério a não promover ataques contra a imprensa independente e opositora com o uso de recursos públicos e utilizando para isso meios de comunicação oficiais ou pró-governamentais exigir que os governos da América não utilizem fundos dos contribuintes para premiar ou castigar meios de comunicação de seus países.

Compartilhar

0